Pela primeira vez em praticamente 50 anos, o índice médio de colesterol nos adultos norte-americanos está no nível ideal, segundo um relatório do governo do país divulgado nesta quarta-feira.
Resultados de uma pesquisa nacional, que inclui exames de sangue, revelaram que o nível de colesterol dos habitantes do país caiu para 199. Médicos indicam que o ideal é que esse índice seja de 200 ou menos.
Em 1999-2000, esse índice médio era de 204. Quando a pesquisa começou a ser feita, em 1960, esse nível estava em 222.
O uso de medicamentos por pessoas de mais de 60 anos deve ser a maior razão para essa melhora, segundo especialistas. “Esses grupos etários são os que mais passam por tratamento por medicação”, afirma Susan Schober, do Centro Norte-americano para Controle de Doenças e Prevenção e líder do estudo (CDC, na sigla em inglês).
A pesquisa analisa dados coletados em intervalos de dois anos. Os resultados divulgados hoje são baseados na mostra nacional de 2005 e 2006, coletada de 4.500 pessoas de 20 anos de idade ou mais.
O colesterol alto é comumente relacionado à obesidade. Entretanto, os pesquisadores descobriram que esses dois índices tem caminhado em direções opostas.
Por meio de dados da pesquisa sobre colesterol, o CDC informou no mês passado que o índice de obesidade adulta –que vem em crescimento nos últimos 25 anos– está agora muito longe dos 34%, que são o ideal.
Essa disparidade deve-se principalmente ao uso de medicamentos que reduzem o

leia mais